A FORÇA DA PRESSÃO POPULAR

A FORÇA DA PRESSÃO POPULAR

No dia 30 de agosto, o governo federal recuou e suspendeu a permissão para mineração na Amazônia, reconhecendo as manifestações contrárias da sociedade.

O governo Temer tinha liberado a mineração na Amazônia sem um debate amplo e ninguém sabe quais são as forças por trás disso. Mas, devido à pressão popular, o governo recuou e determinou a paralisação de todos os procedimentos relativos à atividade de mineradoras na área localizada entre o Pará e o Amapá.

Na prática, a decisão não revoga o decreto assinado pelo presidente Michel Temer, mas suspende, por ora, a permissão para que ocorra a exploração mineral na região amazônica. Apesar da suspensão, o governo dá sinais de que não vai desistir de levar projetos da área de mineração para a região.

Diante dessa sinalização, entidades da sociedade civil continuam pressionando para que o Decreto seja completamente revogado. Além dos protestos, a questão foi judicializada.

Lembrando que a Campanha da Fraternidade 2017 fala justamente da Proteção dos Biomas Brasileiros, todos nós devemos fazer pressão e acompanhar o assunto para que a nossa natureza não seja destruída por interesses obscuros. Além disso, o Brasil tem outras formas de desenvolver a economia sem envolver o meio ambiente. Bastam vontade política, projetos claros e objetivos e o fim da corrupção que inunda o governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *